Macha do de Einstein
/
Estupidamente Gelada?

Estupidamente Gelada?

  • 15.09.2018
  • por Vinicius Paixão

Humm ... essa tá estupidamente gelada !!! Canela de pedreiro ... rsrsrs Quem nunca repetiu essa frase com um sorriso no rosto ?? Especialmente debaixo do calor do verão do Rio de Janeiro ?? Mas será que uma cerveja estupidamente gelada é sempre o ideal ??

Vamos falar sobre isso !!!

A cultura de ?quanto mais gelada melhor? é uma coisa bem brasileira e perfeitamente compreensível se considerarmos que em nosso território as American Lager dominam o mercado e são os rótulos mais populares e acessíveis. Essas cervejas possuem baixíssimo conteúdo degustativo e em razão de aditivos e conservantes se tornam muito difíceis de beber em uma temperatura mais alta. Vamos esclarecer que isso não quer dizer que a cerveja é ruim ou boa !! Elas atendem ao seu estilo e se encaixam bem com o clima do nosso país, tanto que ainda são, de longe, a primeira opção da maioria dos consumidores. Então, seguindo nessa linha de pensamento, concluímos que uma American Lager deve ser bebida em baixas temperaturas para realçar o que ela tem de melhor ... se é que tem alguma coisa de bom (opinião particular minha, me desculpem os apreciadores das populares) e esconder defeitos no sabor, aceitáveis nesse estilo de cerveja, mas essa regra não se aplica a todos os estilos !! Isso é o que devemos compreender e aceitar. A medida que uma cerveja se torna mais complexa em seus sabores e aromas, a temperatura passa a ser um fator decisivo para que possamos extrair todas as sensações que ela pode fornecer. Abaixo destacamos algumas faixas de temperatura que, se seguidas, poderão proporcionar uma experiência diferenciada ao cervejeiro:

1 ? Beber qualquer cerveja em temperaturas inferiores a 1ºC não é recomendável pois suas papilas gustativas serão adormecidas e nenhum sabor será sentido, mas se sua cerveja for um exemplar das que não possuem sabor nenhum mesmo, vá em frente, porque nesse caso quanto mais dormente melhor ... rsrsrs 2 ? Cervejas com características refrescantes, com teor alcoólico até 5,5 % e sabor leve e sem muita complexidade, devem ser bebidas entre 2º e 4ºC, temperatura considerada MUITO GELADA. Exemplos: Pilsens, Helles e Witbiers. 3 ? Cervejas também refrescantes mas com média complexidade de sabor, teor alcoólico até 6%, presença de acidez e amargor de baixo a médio, devem ser bebidas entre 4º e 6ºC, temperatura considerada GELADA. Exemplos: Internacional Lagers, Czech Lagers, APA´s, Weissbier, Lambics, Dunkles e Tripel belgas. 4 ? Cervejas com média a alta complexidade de sabores, com teor alcoólico até 7,5%, amargor de médio a alto, coloração mais escura e corpo de médio a alto, devem ser bebidas entre 7º e 10ºC, temperatura considerada FRIA. Exemplos: IPA´s, Porters, Dubbles belgas e Stout´s.

5 ? Cervejas com alta complexidade de sabores, muito encorpadas e teor alcoólico acima de 7,5%, devem ser bebidas entre 10º e 13ºC, temperatura considerada DE ADEGA. Exemplos: Belgian Dark Strong Ales, Imperial Stouts, Barley Wines, Eisbock e Doppelbock. Logicamente o gosto de cada um vai prevalecer e as faixas acima não são regras a serem seguidas, mas apenas recomendações para extrair as melhores sensações provocadas pela degustação de uma boa cerveja.

---------------------Publicidade-----------------------

CCAA Cabo Frio